COORDENADORA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA FG DÁ PALESTRA EM EVENTO REGIONAL DA COPEL

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Atividade fez parte da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) e Semana Interna de Meio Ambiente (SEIMA)


A professora Liliane Claudino Ferreira aceitou o convite da equipe de Gestão Ambiental das Usinas Hidrelétricas da região Centro-Sul do Paraná (usinas de Foz do Areia, Segredo, Santa Clara e Fundão), para fazer a palestra de abertura do evento realizado no dia 10 de abril em Faxinal do Céu, município de Pinhão.
O público aproximado foi de 250 pessoas, composto por funcionários que exercem diversas funções como as operacionais, de jardinagem e cozinha, indo dos serventes de pedreiros e técnicos de operação e manutenção, até os engenheiros de manutenção e gerentes das usinas. Com uma vasta experiência na área, a professora e coordenadora do Curso de Engenheira Civil da FG já têm no currículo diversas palestras realizadas em todo Brasil. “Antes de vir para Guarapuava, sempre fiz palestras em inúmeras oportunidades. Alguém ficou sabendo e me convidou”, disse enfatizando que, agora, os compromissos atuais deixaram a agenda com pouco espaço.
O assunto abordado foi a CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, num aspecto mais diversificado, procurando atingir a todos os funcionários que possuem diferentes níveis de conhecimento.
“Não era direcionado apenas para os engenheiros. O objetivo foi fazer com que todas as pessoas pudessem aplicar as sugestões apresentadas de atitudes sustentáveis na construção civil”.

A indústria da construção é o setor de atividade humana que mais consome recursos naturais e utiliza energia de forma intensiva, gerando consideráveis impactos ambientais. Além dos impactos relacionados ao consumo de matéria e energia, há aqueles associados à geração de resíduos sólidos, líquidos e gasosos. Estima-se que mais de 50% dos resíduos sólidos gerados pelo conjunto das atividades humanas sejam provenientes da construção.
Segundo a professora Liliane, promover eventos que abordem atitudes que minimizem estes fatores é fundamental. “As propostas da construção sustentável cumprem esse papel e sempre será importantíssimo falar sobre isso e promover práticas que ajudem no desenvolvimento do setor e da sociedade”, finaliza.

COORDENADORA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA FG DÁ PALESTRA EM EVENTO REGIONAL DA COPEL

Galeria de Fotos